03 novembro 2006

Henrique Vieira

Ingressou no Benfica em 1981 e deixou de jogar em 1992. A sua postura em campo era extraordinária, impondo-se a colegas, adversários e até aos árbitros.
Na sua última época, em que já havia perdido a titularidade para o Pedro Miguel, fez uma das mais brilhantes exibições da sua carreira, comandando a equipa numa notável recuperação nas finais dos playoffs ante a Ovarense.
Esta fotografia foi tirada na época seguinte ao abandono do Henrique Vieira como jogador ao lado da Taça de Portugal conquistada na sua última época. A seu lado está José Tomaz, provavelmente o dirigente com mais títulos na história da modalidade.

4 comentários:

Rui Gomes disse...

Esse terceiro jogo eu vi...
Nunca mais me esqueço, um calor insuportável, pavilhão a deitar por fora muitas (algumas) horas antes. Sede muita sede, calor. miudos a trazerem água para a bancada.
E um grande Henrique...Espectacular.

Gosto muito deste blog!

Pelicano disse...

Obrigado... segue-se nos próximos dias algumas fotos de jogos em Ovar...

O GLORIOSO disse...

Henrique Viera só um dos melhores bases da historia do nosso basket.
Era fantástico com uma qualidade acima da média, bom no passe, bem a penetrar e bom triplista sempre naquele estilo peculiar de driblar meio desengonçado.
Éra visto que iria dar um bom treinador e este ano regressou ao seu clube, á sua casa de sempre para como habitualmente ser campeão.
Na final creio de 92 já sendo suplente de Pedro Miguel foi a sua experiência que levou á vitória. Foi uma final épica em que depois de dominar-mos a 1ª fase nos Playsoff finais perdemos os 2 jogos na Luz com a Ovarense do DJ, Tó Ferreira (vindo do Porto), Lee, Rosten, etc. Tem graça que nesses jogos para além do Mario Palma ser surpreendido pela defesa do Luis Magalhães houve emissarios da NBA (que iriam formar uma nova equipa Orlando Magic) a ver os jogos e o Lisboa e Jean Jacques. Foi um nervossismo em todos. Em Ovar perante já a festa preparada (lembro-me de ver na TV um palco desmontado atrás das tabelas) Mario Palma surpreendeu a todos e ganhou com o Vieira e ser fundamental, depois na Luz só um milagre nos levaria o titulo.
Lembro-me o pavilhão estava á pinha mais de 1 hora antes do jogo,com os que ficaram de foram (milhares de pessoas) a cantarem e vibrarem foi inesquecivel pois vi o jogo em pé atrás de 1 das tabelas

Pelicano disse...

até no corredor para as cabines estava à pinha....